E daí?

E daí?

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

O mercado maldito da energia elétrica - um modelo institucional sórdido

http://ilumina.org.br/no-brasil-o-obvio-esta-rouco-artigo-do-ilumina-no-valor/


http://ilumina.org.br/bandeiras-tarifarias-voce-assume-parte-do-risco/


http://ilumina.org.br/eletricas-enfrentam-cenario-adverso-no-2o-trimestre-valor/


Energia elétrica é um "produto"  essencial.

Serviços essenciais devem ser submetidos a regras de especulação?
Por quê os agentes não falam em racionalização do uso da energia elétrica?
É justo o consumidor pagar pelos erros de outros, principalmente se não tiver opções?
De que jeito as empresas de distribuição investirão em qualidade e confiabilidade se sempre estarão sujeitas a caprichos de "mercado"?
Somos otários?

Nenhum comentário:

Postar um comentário