E daí?

E daí?

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

A insegurança do transporte coletivo urbano de Curitiba

Em Curitiba, a velocidade máxima nas canaletas é absurdamente elevada. Os ônibus trafegam em mão e contramão, um acidente com biarticulados poderá entrar para a história mundial como tragédia absurda e evitável. Até quando? Dentro dos ônibus não existe segurança e fora muita gente caminha, passa sem perceber esse risco.
O CREA não diz nada?
Os urbanistas silenciam?
O Ministério Público precisa exigir aprimoramentos.
As vias expressas já são utilizadas pelos ônibus, por quê não usá-las com faixa para os ônibus? A favor do trânsito de veículos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário